Festividades religiosas: fique por dentro das principais do Brasil

12 minutos para ler

Festividades religiosas: conheça as principais festividades relacionadas com as diferentes religiões do Brasil

O Brasil é um país com forte presença de religiões e que conta com diversos grupos religiosos relevantes, razão pela qual as festividades religiosas são celebradas com frequência em diferentes ocasiões.

Muitas pessoas planejam viagens com o intuito principal de participar de uma festividade religiosa, afinal, as manifestações com intuito religioso ocorrem por todo o país e costumam arrastar milhares de fiéis.

Se você possui interesse sobre o tema, continue a leitura deste post, pois vamos apresentar um conteúdo completo sobre festividades religiosas para que você planeje a sua viagem da melhor maneira possível. Confira!

Religião no Brasil

Antes de 1891, o catolicismo era a religião oficial do Brasil (herança da colonização portuguesa), mas, desde a Constituição Republicana, o estado laico foi instituído em toda a nação, o que quer dizer que o estado não pode favorecer ou proibir as atividades das religiões.

O Brasil é um país miscigenado e esse fator influencia, inclusive, na divisão religiosa local, que conta, por exemplo, tanto com religiões cristãs quanto com ritos de matriz africana ou indígena.

Dessa maneira, como o Brasil é um país religiosamente diverso, as festividades religiosas ocorrem com frequência, uma vez que cada uma das religiões possui datas festivas específicas.

De acordo com o último censo demográfico realizado em 2010, pelo IBGE, foi observada a seguinte composição religiosa no Brasil:

  • 64,6% da população se declaram católicos;
  • 22,2% declaram-se protestantes;
  • 8,0% não tem religião (como ateus, agnósticos ou deístas);
  • 2,0% declaram-se espíritas;
  • 0,3% seguem as religiões afro-brasileiras (como o candomblé e a umbanda);
  • 1,6% são seguidores das demais religiões, como judaísmo, budismo, islamismo e esoterismo.

Principais grupos religiosos brasileiros

A seguir, vamos apresentar os principais grupos religiosos do Brasil, de acordo com o censo do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Católicos

A Igreja Católica Apostólica Romana é a religião cristã que conta com o maior número de fiéis no mundo e no Brasil não é diferente, uma vez que cerca de 64% dos brasileiros são católicos.

A Ordem dos Jesuítas trouxe o catolicismo para o Brasil na época da colonização e, além de catequizar os indígenas, os missionários também fundaram escolas, o que ajudou a perpetuar a religião pelo país.

Os católicos acreditam na Santíssima Trindade (Deus Pai, Filho e Espírito Santo) e creem que os santos e a Virgem Maria atendem às orações dos seus devotos.

Evangélicos

Outra religião muito praticada no Brasil é o Evangelicalismo — designação generalista para as denominações cristãs que foram criadas depois da Reforma Protestante. Hoje em dia, aproximadamente 22% dos brasileiros são evangélicos.

O IBGE categorizou os evangélicos em diferentes grupos, pois apesar deles contarem com uma raiz comum, as divisões da religião contam com expressivas diferenças entre si, são eles:

  • evangélicos de missão, oriundos do protestantismo clássico e costumam apresentar uma visão mais conservadora do evangelho;
  • pentecostais e neopentecostais, renovação do movimento pentecostal original;
  • evangélicos não determinados, grupo composto por igrejas independentes, que não se enquadram nos movimentos pentecostais nem no protestantismo tradicional.

De maneira geral, os evangélicos realizam cultos dedicados especialmente ao estudo das passagens bíblicas e acreditam que a Bíblia é a palavra de Deus e, por essa razão, deve ser obedecida e espalhada entre todos. Diferentemente dos católicos, os evangélicos oram exclusivamente a Jesus, pois não acreditam em santos.

Espíritas

O Espiritismo é uma religião criada por Allan Kardec e que procura reunir a religião com a ciência e com a filosofia, com o objetivo de compreender o mundo material e metafísico. Hoje em dia, a comunidade espírita brasileira é a maior do mundo e representa cerca de 2% da população do país.

Os Espíritas (também conhecidos como Kardecistas) se consideram cristãos e acreditam na mediunidade e na capacidade de comunicação entre os espíritos de indivíduos já falecidos com os vivos.

Religiões Afro-brasileiras

Acredita-se que por volta de 1,6% dos brasileiros são adeptos de religiões afro-brasileiras, sendo que as duas religiões do segmento com o maior número de adeptos no Brasil são a Umbanda e o Candomblé.

As religiões afro-brasileiras contam com características de diferentes povos africanos, mas também tem grande sincretismo religioso com o catolicismo.

A Umbanda, por exemplo, trabalha com a incorporação mediúnica e mistura elementos do culto aos Orixás africanos com elementos de religiões indígenas, além de apresentar sincretismo com o catolicismo, especialmente em razão da crença em único Deus onipresente e em Entidades espirituais.

Já o Candomblé sofreu menos influência do catolicismo e permanece fiel às origens das religiões africanas. Seus cultos seguem rituais complexos que envolvem dança, oferta de comidas, objetos e música.

Festividades religiosas

Agora que você já conhece as principais religiões do Brasil, vamos apresentar, a seguir, quais são as festividades religiosas mais comemoradas no país, suas características, onde ocorrem e a quais grupos religiosos pertencem. Veja!

Festa de Iemanjá

A Festa de Iemanjá é realizada em Salvador, na Bahia, no dia 02 de fevereiro, reunindo todos os anos milhares de participantes. Na ocasião, desde as horas iniciais do dia (por volta das 5 horas da madrugada) os religiosos que são adeptos das religiões afro-brasileiras dançam e cantam chamando por Iemanjá para a festa que ocorre em frente à “casa de Iemanjá”, próximo ao lago de Sant’ana.

Durante a homenagem para o orixá, oferendas feitas em barcos são levadas para alto-mar, especialmente no bairro Rio Vermelho, na orla marítima de Salvador, às 16 horas do mesmo dia.

Festa de Nossa Senhora da Piedade

Já na Festa de Nossa Senhora da Piedade, que ocorre no distrito de Igarapé do Lago, Macapá, no Amapá, as homenagens realizadas pelos católicos à Nossa Senhora da Piedade incluem missa, alvorada e até mesmo procissão de barcos.

Festa do Rosário

A Festa do Rosário pode ocorrer em todo o mês de outubro, do dia 01 ao 30, uma vez que a data é variável e ocorre em diversas cidades do interior de Minas Gerais, como Divinópolis, Diamantina, Ouro Preto, Campos Altos, Nova Lima, Congonhas, Nova Era, Carmo do Cajuru, São Romão e Sabará. Durante a comemoração da Festa do Rosário ocorrem procissões, missas e rezas católicas.

Círio de Nazaré

Uma das festividades religiosas mais famosas do país é o Círio de Nazaré, realizado no segundo domingo de outubro, em Belém do Pará e considerada uma das mais bonitas e maiores procissões católicas do Brasil.

O Círio de Nazaré costuma reunir 2 milhões de romeiros todos os anos que, por sua vez, realizam uma caminhada de fé pelas ruas da cidade para homenagear a Nossa Senhora de Nazaré, mãe de Jesus.

Festa da Paixão de Cristo

Já a Festa da Paixão de Cristo, que ocorre em Brejo de Madre de Deus, Pernambuco, acontece nas semanas próximas à Páscoa. Durante a festividade, que ocorre há mais de 50 anos no local, é realizada a apresentação de um espetáculo teatral.

O espetáculo costuma atrair pelo menos 8 mil pessoas por noite, sendo que ocorrem 8 exibições anuais durante a Semana Santa, além da apresentação também ser transmitida pela TV para todo o país.

Festa do Sairé

A Festa do Sairé é uma festividade católica comemorada há mais de 300 anos que ocorre na cidade de Alter do Chão, no Pará, às margens do Rio Tapajós em meados de Setembro. A referida festa se originou ainda durante as missões jesuítas que tentavam catequizar os índios das bacias amazônicas.

Na Festa do Sairé, além das festividades religiosas, também há um festival popular repleto de ritmos tradicionais do Estado, como carimbó, lundu e puxirum. O momento mais esperado do dia é o confronto dos botos Cor-de-Rosa e Tucuxi, momento em que duas agremiações se apresentam.

Festa do Bonfim

A Festa do Bonfim, também conhecida como Lavagem do Bonfim, ocorre na segunda quinta-feira, depois do Dia de Reis em Salvador, na Bahia. Essa festividade é considerada com um dos melhores exemplos de sincretismo religioso no país, pois reúne o catolicismo e as religiões africanas.

A Lavagem do Bonfim tem início com um belo cortejo que sai da Igreja da Conceição da Praia e é liderado pelas baianas até a Igreja do Bonfim (datada de 1754), localizada a aproximadamente 8 quilômetros do ponto de partida.

Atrás das baianas, há o bloco dos Filhos de Gandhi e, logo após, o restante dos participantes. A cor usada durante a comemoração é o branco, em homenagem a Oxalá, no catolicismo o Senhor do Bonfim.

A lavagem das escadarias da igreja é simbólica e feita com vassouras e a água de cheiro trazida pelas baianas. Por fim, os participantes da festa dão 3 voltas ao redor da igreja, realizam 3 pedidos e devem amarrar uma fitinha do Senhor do Bonfim no portão da igreja.

Festa da Penha

A Festa da Penha ocorre em Vila Velha, no Espírito Santo, 8 dias depois do domingo de Páscoa e hoje em dia é considerada uma das maiores festas religiosas do Brasil.

Durante a festividade, há a Romaria dos Homens, ocasião em que os católicos andam por 14 quilômetros até o Convento da Penha, que fica localizado no de um morro e apresenta uma bela vista para o mar. Desde 1995 também é realizada a Romaria das Mulheres que tem um percurso diferente.

Motivos para participar

Aqueles que viajam para uma festividade religiosa, além de participarem de uma comemoração que alimenta a fé, também tem a oportunidade de conhecer novas cidades, culturas e paisagens.

Ao ir para Salvador para a Festa do Bonfim ou para a Festa de Iemanjá, por exemplo, o viajante também pode aproveitar para conhecer os famosos pontos turísticos da cidade, como o Elevador Lacerda, Pelourinho, Mercado Modelo, entre outros.

Já aqueles que viajam para participar da Festa do Rosário, em Minas Gerais, podem gozar da oportunidade para explorar mais as belezas do estado, como as suas belas cachoeiras.

O viajante que participa da Festa do Sairé, além de comparecer a uma festividade religiosa e aprender mais sobre a cultura do Pará pode, ainda, conhecer em Alter Chão uma das mais belas praias de rio do Brasil.

Assim, não faltam motivos para que os religiosos participem das festividades que ocorrem em todo o país, pois existem diferentes comemorações e cada local conta com suas particularidades.

Influência no turismo religioso

As festividades de diversas religiões influenciam diretamente no turismo religioso do Brasil, uma vez que esse costuma ser o período em que as cidades que abrigam as comemorações mais recebem turistas.

Ao visitar determinado destino para participar de uma festividade o turista não só vivencia uma experiência ligada à espiritualidade e à fé, mas também consome produtos e serviços do local, movimentando a economia da cidade.

Além disso, muitos viajantes aproveitam a oportunidade para realizar outros tipos de visitações, como para conhecer os pontos turísticos, realizar roteiros gastronômicos, históricos ou culturais, entre outros.

Dessa maneira, as festividades religiosas influenciam diretamente nesse tipo de turismo que, por sua vez, conta com um potencial que vai além da sua relação com as religiões.

Planejamento de uma viagem religiosa

Existem determinados pontos que devem ser analisados, durante o planejamento de uma viagem religiosa, para que tudo ocorra de acordo com o planejado. É preciso, por exemplo, observar a melhor época para viajar, uma vez que cada comemoração ocorre em determinado período do ano.

É válido ressaltar que, durante as festividades religiosas, os destinos costumam receber muitos turistas ao mesmo tempo e ficam mais cheia do que habitualmente, o que pode lotar as hospedagens da cidade. Por essa razão, é importante se programar com antecedência para não ficar de fora da comemoração.

O viajante também precisa decidir detalhes como, por exemplo, qual é a melhor maneira para chegar ao seu destino. Nesse momento, é possível optar por carro, ônibus ou avião, sendo que o ônibus é a melhor alternativa para diferentes cidades, pois apresenta diversas vantagens, como preços menores, mais conforto e segurança.

Uma dica é observar os melhores destinos para viajar de ônibus para escolher o que mais o agrada, uma vez que apresentamos apenas as principais festividades do país, mas o Brasil conta com inúmeras comemorações religiosas que ocorrem nas mais diversas cidades.

Agora que você conhece as principais festividades religiosas do Brasil, se você tem interesse em realizar esse tipo de turismo, siga as dicas que apresentamos para fazer uma viagem inesquecível!

Se você gostou deste post e deseja receber mais dicas sobre viagens, curta a nossa página no Facebook agora mesmo!

Posts relacionados