fbpx

10 cidades do interior de Minas Gerais para relaxar

7 minutos para ler

Está planejando uma viagem mais curtinha? Então, você deve considerar visitar algumas das cidades do interior de Minas Gerais, pois são destinos com fácil acesso e que são excelentes para descansar.

Você planeja sair de casa com a família, mas ficar em um lugar com paz e, de preferência hospedado em um local com segurança? A ideia, na verdade, é relaxar em outro lugar e não necessariamente fazer turismo na cidade? Então, este post é para você.

As cidades do interior de Minas Gerais são excelentes opções para descansar, além de existirem opções que agradam a diferentes gostos, como turismo rural, ecológico e histórico, que devem ajudá-lo a esquecer os problemas da cidade e desfrutar da paz que o interior do sudeste tem a oferecer.

Hoje, vamos mostrar 10 cidades do interior de Minas Gerais que são perfeitas para alugar uma casa em plataformas de hospedagem compartilhada ou reservar um chalezinho e relaxar. Vamos lá?

1. Alfenas

Alfenas não é conhecida, propriamente, como uma cidade turística e, em geral, costuma ser lembrada por causa da Universidade Federal de Alfenas. Entretanto, como a cidade é localizada às margens do lago de furnas — grande represa artificial que abastece a usina hidrelétrica de furnas —, é uma excelente opção para descansar.

Localizada na região sul, é uma das cidades do interior de Minas Gerais onde é possível alugar lindas casas com piscina e todo o conforto para se hospedar com a família por valores entre R$350,00 e R$1200,00 a diária.

Ao ir para Alfenas, também é ideal aproveitar para comprar comidas típicas, como queijos e doce de leite, na famosa feira da cidade ou nos armazéns espalhados pelo destino para incrementar o café da manhã da família.

2. Barbacena

Cercada pela Serra da Mantiqueira, a cidade de Barbacena é conhecida pelo seu clima ameno. O local, que teve um crescimento desordenado, perdeu um pouco daquele charme turístico de cidadezinha de interior em algumas partes da cidade, mas ainda preserva grandes belezas e casarios. Além disso, Barbacena é conhecida como a Cidade das Rosas e é repleta de praças e jardins.

Em Barbacena é possível alugar casas de campo no estilo de fazendas mineiras antigas e se sentir nos séculos passados. Entre R$ 350,00 e R$ 900,00 você encontra belas hospedagens no campo ou no centro histórico da cidade.

3. Itajubá

Localizada na região sul de Minas Gerais, Itajubá é um dos centros urbanos mais importantes da região. Por lá é possível encontrar muitas belezas naturais, como cachoeiras e trilhas exuberantes. A cidade de Itajubá faz parte do complexo da Serra da Mantiqueira e, portanto, o que não faltam são mirantes, picos e pedras enormes para escalada.

Se você quer reunir a família para ficar quietinho em uma casa de campo deliciosa e repleta de paisagens naturais, Itajubá é o seu lugar. Por lá há opções como chalés e casas de campo inteiras entre R$ 250,00 e R$ 750,00 a diária.

4. Araxá

Araxá é uma cidade localizada na região do Triângulo Mineiro que é famosa por seu complexo hidrotermal, integrante do Circuito das Águas de Minas Gerais, conhecido pelas propriedades terapêuticas diversificadas de suas águas medicinais.

A cidade, que tem clima agradável durante todo o ano, se consolidou no circuito turístico das cidades do interior de Minas Gerais ainda na década de 40, quando grandes hotéis foram construídos.

Outro ponto forte da cidade é a culinária, com uma intensa produção de queijos e doces. Entretanto, a vocação de Araxá são as hospedagens. Alugar uma casa é sempre uma boa opção, mas, por lá, vale a pena desfrutar dos inúmeros mimos de relaxamento que só a rede hoteleira proporciona.

5. São João Batista do Glória

São João Batista do Glória é uma cidade que ainda não é muito explorada pelo ecoturismo e esse é justamente o fator que a deixa ainda mais especial. O local conta com poucas opções de pousadas e, portanto, o ideal é alugar uma casa para se hospedar na região.

Ao redor dessa pequena cidade existem diferentes cachoeiras selvagens que contam com pouca infraestrutura para turistas, mas que ainda assim podem ser visitadas, basta estudar com antecedência a programação.

6. Ouro Preto

Ouro Preto é uma importante cidade histórica do Brasil, sendo que a região da Vila Rica é capaz de transmitir para os dias de hoje como eram importantes épocas do passado, como a do ouro e da Inconfidência Mineira.

A cidade, que conta com muitas ladeiras, tem museus e igrejas em que Aleijadinho demonstrou a sua genialidade por meio da escultura e da talha. Por isso, todo o esforço físico daqueles que visitam a região é recompensado!

Como se trata de uma cidade turística, existem diferentes opções de hospedagem em hotéis e pousadas. Contudo, aqueles que prezam pela privacidade também encontram opções de casas de temporada.

7. Monte Verde

Monte Verde, localizada nas montanhas no distrito de Camanducaia, na divisa com São Paulo, é uma cidade que remete a um pequeno vilarejo europeu, pois foi fundada por imigrantes que vieram da Letônia.

Em razão de suas baixas temperaturas, Monte Verde é o local ideal para se visitar no inverno e desfrutar de seus bares, restaurantes e lojas de chocolate. No local também há o Parque Ecológico Verner Grinberg, um circuito com trilhas autoguiadas que não exige o acompanhamento de guias.

Para desfrutar do clima romântico com conforto do local, o ideal é se hospedar em um chalé, já que existem opções com lareira e banheira, por exemplo. Contudo, também é possível optar pelo aluguel de casas, sendo essa a opção mais recomendada especialmente para aqueles que visitam a cidade em grupo.

8. São Thomé das Letras

Em uma região rochosa a 1.440 metros de altitude há a pequena cidade de São Thomé das Letras, conhecida por suas lendas e pelo misticismo. No local, é possível encontrar mais de 30 cachoeiras, o que garante programação para todos os gostos.

O pôr do sol em São Thomé das Letras também é muito conhecido e bonito, motivo pelo qual os visitantes costumam se reunir na Casa da Pirâmide ou na Pedra da Bruxa para apreciá-lo.

9. Capitólio

Capitólio, uma pequena cidade de 8 mil habitantes do sudoeste mineiro, ficou famosa nas redes sociais e recebe cada vez mais visitantes, especialmente por causa dos cânions do Lago de Furnas.

A paisagem do local reúne águas esverdeadas, paredões rochosos e cachoeiras, sendo possível apreciá-la tanto de cima, nos mirantes, quanto de baixo, em um passeio de barco que passa pelas principais atrações.

Hoje em dia, por causa da expansão do turismo no local, existem diferentes opções de hospedagem em Capitólio, desde hotéis e casas até hostels e campings.

10. Caxambu

Caxambu, mais um dos destinos do interior de Minas Gerais, é uma cidade localizada no sul do estado que é conhecida por conta da variedade de suas águas hidrotermais. O seu cartão postal é o Parque das Águas.

No balneário localizado interior no parque, é possível tomar banhos de espumas, sais e duchas escocesas, além de sauna e massagens. Já para as famílias que viajam com crianças os passeios de pedalinho no lago e as piscinas de água mineral costumam ser as grandes atrações.

Agora que você já conhece 10 cidades do interior de Minas Gerais, organize a família, planeje o melhor momento e pé na estrada, já que agora você tem informações suficientes para fazer um bom plano de viagem! Quando resolver ir, lembre-se de que a Buser é a opção mais segura, barata e confortável para viajar de ônibus.

Se você gostou das dicas de cidades do interior de Minas Gerais, compartilhe este post em suas redes sociais!

Posts relacionados