fbpx

Saiba agora o que fazer em Brasília para conhecer melhor a cidade

11 minutos para ler

Para os turistas, ter o que fazer em Brasília vai muito além de conhecer a Praça dos Três Poderes.

A capital do Brasil é uma cidade movimentada. Seja viajando a trabalho ou a lazer, ter o que fazer em Brasília não é uma questão difícil de se resolver. Estamos falando, afinal, de um patrimônio cultural da humanidade.

Sua arquitetura e história são surpreendentes, além de oferecer restaurantes finos, bons hotéis e uma infinidade de pontos turísticos abertos ao público, com entrada gratuita. Quem vai a Brasília deve estar preparado para bater muita perna e ser bem-recebido, pois a hospitalidade e a receptividade são algumas das principais características dos brasilienses.

Continue a leitura e descubra os passeios que podem ser feitos nesse destino, e comece a planejar suas próximas férias. Boa viagem!

Obras arquitetônicas e prédios do Governo

Eixo Monumental. Esse é um dos primeiros nomes que você vai ouvir quando perguntar a qualquer brasiliense o que fazer em Brasília. Trata-se de uma espécie de avenida com 16 quilômetros de extensão. Transitar pela via é um espetáculo por si só e que impressiona pelas construções imponentes que pertencem à área.

Brasília é uma cidade panejada no formato de avião. A avenida está ao centro do Plano Piloto e se desdobra no corpo da aeronave, ligando o leste ao oeste. Ela é considerada um livro de História e de Arte a céu aberto: a maioria dos seus edifícios, assim como a própria cidade, foram projetados por Oscar Niemeyer.

Eixo monumental a leste

É na área leste do Eixo Monumental que se localizam os prédios do Governo Federal, uma das principais motivações para que as pessoas visitem Brasília: a Praça dos Três Poderes. Lá estão o Palácio do Planalto, o Congresso e o Supremo Tribunal Federal. A parte urbanística, idealizada por Lúcio Costa, divide espaço com as surpreendentes construções de Niemeyer.

Essa região também abriga um monumento chamado de Panteão da Pátria, erguido em homenagem aos heróis nacionais, à liberdade e à democracia do Brasil. E claro, a Esplanada dos Ministérios, com os 17 prédios onde estão os ministérios, o Palácio do Itamaraty e a Catedral Metropolitana de Brasília.

Dependendo da época em que você visita o local, consegue participar de eventos culturais, shows e até manifestações a favor ou contra o Governo Federal e nossos governantes.

Eixo monumental a oeste

O oeste recebe outro famoso monumento da capital do Brasil: o Memorial JK. O espaço é dedicado a apresentar e homenagear Juscelino Kubitscheck, ex-presidente responsável pela construção de Brasília.

Seu mandato durou de 1956 e 1961. A inauguração da cidade, a nova capital do país, aconteceu em 21 de abril de 1960. Por esse motivo, JK é considerado o pai de Brasília.

Na área oeste, o visitante também conhece a Catedral Militar Rainha da Paz, mais uma obra idealizada por Niemeyer. De formato triangular, remete às barracas de campanha erguidas em acampamentos do exército.

A pedra fundamental foi abençoada pelo Papa João Paulo II, fazendo da Catedral um dos lugares para conhecer em Brasília mais procurados pelos católicos. Para finalizar nosso passeio ao oeste, destacamos outros prédios do Governo que ficam no local:

  • Palácio do Buriti;
  • sede da Câmara Legislativa do DF;
  • Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios.

Ao Centro

A área central do Eixo Monumental é o ponto de encontro entre as asas do avião, a cauda e o bico. Nesse espaço está a Torre de TV, um mirante com 75 metros de altura, cujas atrações principais são a visão panorâmica do próprio Eixo Monumental e o majestoso pôr do sol na capital do Brasil. A visão é magnifica, e é possível ver o astro se despedindo da cidade por trás do memorial JK.

O formato da Torre de TV foi inspirado na Torre Eiffel, de Paris. De dia, o local é bastante movimentado. À noite, a torre se ilumina, encerrando o belíssimo espetáculo para moradores e turistas.

Atividades ao ar livre

Depois de visitar o Eixo Monumental, vamos continuar nosso passeio por Brasília com outras atividades ao ar livre. Aproveite que estamos falando de uma cidade segura e democrática e anote as sugestões de roteiro!

Parque Nova Nicolândia

Trata-se de um parque de diversões, inaugurado em 1978. Fica anexo ao Parque da Cidade Sarah Kubitschek, na Asa Sul. Entre suas atrações, está a maior roda gigante do Centro-Oeste do Brasil.

Há diversão para toda a família, brinquedos radicais e infantis. Clássicos como crazy dance, barco pirata e montanha-russa dividem o espaço com carrossel, pescaria e trem fantasma. O local tem mais de 25 atrações, que vale a pena conhecer!

Passeios de bike

Não é segredo pra ninguém que Brasília é uma cidade planejada, ampla e segura. Outra característica da capital do Brasil é que se trata de um município plano, ou seja, sem morros. Por isso, andar de bike é uma opção agradável para turistas e moradores.

Você pode pegar uma bicicleta e visitar monumentos, parques e pontos turísticos. Inclusive, a dica é visitar o Eixo Monumental pedalando. Há diversas paradas de aluguel de bike em Brasília, pesquise!

Lago Paranoá

Os fãs da banda Natiruts, certamente, conhecem a canção cujo refrão diz: “eu sou surfista do Lago Paranoá”. Na música, a banda brasiliense ressalta a presença do cartão postal de Brasília em meio à paisagem seca do Centro-Oeste.

Com uma área de 48 Km², o lago tem uma grande importância para Brasília. Além de promover o sustento das famílias, amenizar o calor e a baixa imunidade e concentrar uma riquíssima biodiversidade, apresenta diversas atividades aquáticas para lazer e diversão, como:

  • caiaque;
  • flyboard;
  • stand up paddle;
  • vela;
  • wakeboard;
  • windsurfe.

Se você nunca imaginou que Brasília pudesse ser palco para esportes radicais, o Lago Paranoá é mais uma prova de que o turismo no Distrito Federal pode ser surpreendente. 

Setor Militar Urbano

Voltando aos passeios pelos prédios do governo, existe uma área inteira dedicada ao Exército. É o Setor Militar Urbano, um bairro onde estão localizados quartéis — incluindo o Quartel General do Exército — e mais de 600 residências de militares e suas famílias.

O Quartel General é mais um dos projetos de Oscar Niemeyer em Brasília e, como as outras construções, vale a pena conhecer. O bairro como um todo é encantador, seguro, silencioso e agradável.

As praças foram nomeadas para homenagear grandes personalidades brasileiras, como:

  • Ayrton Senna;
  • Cora Coralina;
  • Rubem Braga;
  • Tom Jobim.

Todos os espaços contam com coretos, gramado e bancos para descanso. Em meio a eles, você vai se deparar com uma área diferenciada, a Praça dos Cristais. No formato de um triângulo, os 102 mil m² de jardins abrigam um conjunto de blocos de concreto que imita cristais, em um charmoso espelho d’água. É um local perfeito para tirar belas fotos!

Parque da Cidade Sarah Kubitschek

Seus 420 hectares fazem dele o maior parque urbano do Brasil. Adivinha por quem foi projetado? Acertou, se falou da dupla Lúcio Costa e Oscar Niemeyer.

Quem visita o Parque da Cidade encontra os moradores de Brasília praticando esportes ao ar livre, jogando futebol, correndo e andando de bicicleta. O local também dispõe de kartódromo, promovendo mais lazer e diversão aos turistas e moradores. Você ainda pode escolher um dos restaurantes para saborear uma deliciosa refeição.

Para os fãs de Legião Urbana, uma das bandas mais famosas de Brasília, estar no Parque da Cidade é fazer uma visita à canção Eduardo e Mônica: “se encontraram, então, no Parque da Cidade/ a Mônica de moto e o Eduardo de camelo”.

Complexo Cultural da República

O Complexo Cultural da República João Herculino é uma estrutura arquitetônica idealizada para a promoção de eventos culturais em Brasília, sendo apontado como o principal centro de cultura da capital do Brasil.

Originalmente, o projeto deveria ser assinado por Oscar Niemeyer ainda na década de 1970. No entanto, os planos foram interrompidos por quase duas décadas. Em 1999, o governo do Distrito Federal acionou novamente o famoso arquiteto, que elaborou um novo desenho. O complexo, então, foi inaugurado em 2006, 36 anos depois.

Lá, o turista pode conhecer o Museu Nacional Honestino Guimarães — popularmente conhecido como Museu da República — e a Biblioteca Nacional Leonel de Moura Brizola.

4. Cine Drive-in

O Cine Drive-in é uma possibilidade de o turista fazer um passeio retrô, como vemos em filmes antigos e estrangeiros. Nesse modelo de cinema, as pessoas assistem a um filme sem precisar sair do carro.

Brasília torna isso possível, em um espaço seguro, com uma tela de 312 metros quadrados. O áudio é transmito diretamente no rádio dos carros.

O Cine Drive-in de Brasília quebra alguns recordes. Atualmente, é o único cinema drive-in do país, funcionando desde 1973, com a maior tela de projeção em solo nacional.

5. Águas Correntes Park

Devido à localização, Brasília é uma cidade de clima seco e quente. Por isso, muitos turistas procuram por passeios refrescantes — um dos motivos que fazem com que o Lago Paranoá seja tão procurado.

Se o seu roteiro de viagem estiver confortável, com possibilidade de dar uma esticadinha, vale a pena viajar 40 quilômetros até o Águas Correntes Park, sentido Brasília-Valparaíso. Trata-se de um parque aquático com a seguinte infra-estrutura:

  • área verde;
  • cachoeiras e cascatas naturais e artificiais;
  • lanchonetes e restaurante;
  • piscinas naturais e aquecidas;
  • rampas e toboáguas;
  • sauna;
  • sinuca e campos de futebol;
  • trilhas naturais.

É uma excelente opção para quem viaja com a família, em casal ou com amigos!

6. Cinemas

Depois de bater perna o dia inteiro, nada como um cineminha para encerrar o dia com chave de ouro. Além do Cine Drive-In, veja quais as opções modernas de entretenimento que você encontra em Brasília.

Cine Brasília

O Cine Brasília conta um pedacinho da história do Distrito Federal. Inaugurado em 1960, com a cidade, foi uma das surpresas para aqueles que fixaram residência na nova capital do Brasil.

Projeto por Oscar Niemeyer, o Cine Brasília é um tradicional cinema de rua. O local recebe mostras de cultura e filmes cult, um prato cheio para aqueles que não dispensam obras cinematográficas lado B.

Cine Cultural Liberty Mall

Ainda no hall das produções e filmes alternativos, o Cine Cultural Liberty Mall é perfeito para os amantes dos filmes B, nacionais e estrangeiros.

São quatro salas de projeção anexas ao shopping Liberty Mall, na Asa Norte. O Cine Cultural já recebeu muitas personalidades do cinema em eventos de pré-estreia, como , Alice Braga, Daniel Oliveira e o Argentino Luiz Puenzo.

Kinoplex

Chegamos ao cinema moderno, com a rede Kinoplex! A rede conta com salas confortáveis e de última tecnologia 3D, IMAX e VIP, com poltronas reclináveis, para quem não dispensa companhia para viajar e quer aproveitar o passeio na cidade para ver um filme agarradinho.

Se na sua cidade as salas de cinema não são tão modernas, vale a pena colocar o Kinoplex no checklist de viagem e assistir a um filme.

Cinemark no Pier 21

Ainda no circuito do cinema moderno, você pode escolher a um dos filmes exibidos nas 12 salas de cinema do Cinemark, no shopping Pier 21, localizado na Asa Sul. Os ambientes contam com diversos tipos de projeções, variando desde as telas tradicionais, o 3D básico, até o XD, com som potente, e o surpreendente D-BOX, em que a poltrona replica alguns dos movimentos feitos pelos personagens do filme.

O passeio fica ainda mais confortável devido ao Snack Bar, que conta com carta de vinhos e aperitivos.

Não é o máximo ter tanto o que fazer em Brasília, além de conferir as obras arquitetônicas e os prédios do Governo? Muitas pessoas nem imaginam quantas opções para o turismo a capital do Brasil revela. Desde aproveitar a brisa do Lago Paranoá até se divertir no parque de diversões, o Distrito Federal pode ser surpreendente!

A Buser trabalha com vários destinos até Brasília. Conheça todas as possibilidades.

____________________________________________________________________________

Para completar o roteiro, confira os principais itinerários da Buser para Brasília e reserve sua passagem agora mesmo!

1) Belo Horizonte (MG);

2) Campinas (SP);

3) Campo Grande (MS);

4) Ribeirão Preto (SP);

5) Rio de Janeiro (RJ);

6) São Paulo (SP);

7) Uberlândia (MG).

Posts relacionados