Primavera no Brasil: 7 destinos que vão te deixar encantado

12 minutos para ler

Em dúvida sobre onde aproveitar a primavera no Brasil? Apesar das estações não tão bem demarcadas, existem lugares perfeitos para aproveitar a primavera tupiniquim

Viajar não precisa ser uma atividade óbvia feita nos meses de julho e janeiro, que representam a alta temporada em nosso país. É possível escolher um período diferente e desfrutar de temperaturas agradáveis, menor aglomeração de pessoas e um espetáculo visual indescritível.

Estamos falando da primavera no Brasil, que engloba o período que vai do fim de setembro até dezembro. Neste post, mostraremos os principais motivos que provam que essa é uma das melhores épocas para viajar. Além disso, apresentaremos os destinos mais deslumbrantes dentro do nosso país. Vem com a gente para conferir!

Início da primavera no Brasil

Meses como janeiro e julho costumam concentrar um grande número de pessoas nos destinos turísticos mais badalados. Essas duas épocas marcam aquelas que talvez sejam as estações mais conhecidas do ano: o verão e o inverno.

Enquanto a imagem das férias de janeiro costuma ser a de muitas pessoas reunidas em praias e cachoeiras, julho é, geralmente, um mês propício para quem quer curtir um friozinho.

Mas e quem não quer viajar nessas duas épocas e procura temperaturas mais amenas e equilibradas? Nesse caso, o melhor cenário é viajar na primeira. A boa notícia é que ainda temos um tempinho antes desse período começar: no Brasil, em 2020, essa estação vai do dia 22 de setembro até 21 de dezembro.

Características da estação

Você já deve ter ouvido muitas vezes que a primavera é a verdadeira estação das flores, certo? O engraçado é que essa característica ocorre apenas em algumas regiões do mundo. Vamos explicar: em nosso país, as estações do ano não são tão claramente definidas como na Europa, por exemplo.

Desse modo, os invernos costumam ser geladíssimos e os verões extremamente quentes por lá. Já no Brasil, a primavera funciona como uma espécie de transição entre o inverno e o verão. Assim, após o fim daquele frio seco (entre o fim de agosto e o meio de setembro), começam as chuvas, que ajudam a equilibrar a temperatura.

Outro diferencial da primavera é justamente as temperaturas mais amenas em relação às outras estações. Portanto, em nosso país, além da ligação com as flores e as belas paisagens, ela também funciona como um escape dos extremos: nem tão frio, nem tão quente.

Assim, a primavera é uma estação ideal para as viagens de ônibus e caminhadas, por exemplo, uma vez que a temperatura é agradável e há um belo espetáculo visual em diversas cidades do país.

Flores da primavera

A flora brasileira é a mais rica do mundo, uma vez que o Brasil é o país com a maior biodiversidade do planeta. Assim, somos muito privilegiados, já que podemos observar essa atração anualmente.

Para quem ainda duvida de como somos afortunados, basta conferir o amplo número de flores que se destacam na primavera brasileira. As principais delas são as seguintes:

  • crisântemo;
  • dama-da-noite;
  • girassol;
  • hibisco;
  • hortênsia;
  • jasmim;
  • narciso;
  • orquídea;
  • rosa;
  • violeta.

Isso porque ficamos apenas nos nomes comuns. Poderíamos também falar da frésia, da margaridinha, da clívia etc. Cada uma dessas flores apresenta as suas próprias características, desabrochando em diferentes regiões do Brasil. Dessa forma, cada destino escolhido na hora de viajar tem os seus atrativos particulares.

Não à toa, a diversidade de flores que temos em nosso país é um prato cheio para decoradores de eventos diversos. Esses profissionais aproveitam essa época do ano para utilizar a natureza como inspiração para compor cenários, por exemplo. Visitar as floriculturas durante essa estação também é um deleite.

Motivos para viajar nessa época

O mais interessante da primavera é que ela foge da chamada “alta temporada”, ou seja, os meses nos quais as cidades contam com uma quantidade muita grande de turistas. Assim, é possível fazer uma viagem mais tranquila, sem correria ou ruas abarrotadas de gente.

Com paisagens floridas e deslumbrantes, preços atraentes e temperaturas amenas, não é exagero dizer que a primavera é uma das melhores estações do ano para realizar aquela tão sonhada viagem. Como se não bastasse, a temperatura é mais agradável em relação aos invernos frios ou verões escaldantes.

Imagine a possibilidade de percorrer destinos badalados, como Gramado, na Serra Gaúcha, sem ter que esbarrar em milhares de turistas ao mesmo tempo? Dessa forma, poderá tirar todas as fotos que quiser sem ter que se desviar de centenas de pessoas e não precisará aguardar muito tempo para que o cenário esvazie e você consiga a fotografia perfeita.

Além disso, na primavera, os dias são mais longos. Isto é, o sol dura por mais tempo, o que favorece as caminhadas e os passeios em parques, por exemplo. Dessa forma, você consegue mais tempo para acompanhar a paisagem e o espetáculo das flores.

Isso se explica pelo chamado equinócio de setembro, que, em 2020, será no dia 20. Após essa data, o sol passa a brilhar por mais tempo no hemisfério sul, o que resulta em dias mais longos do que as noites. Já no hemisfério norte, ocorre justamente o oposto: a partir do nono mês do ano, as noites se tornam mais longas.

Mais um motivo, portanto, para optar por viagens dentro do nosso próprio país na primavera: trata-se da melhor época do ano para conferir as paisagens naturais!

Destinos brasileiros para viajar durante a primavera

Agora, confira alguns destinos do Brasil que merecem a sua visita!

1. Curitiba (PR)

Uma das capitais mais badaladas do país e um destino turístico muito procurado no Sul, Curitiba tem tudo a ver com a primavera. Quer um motivo? O Relógio de Flores, uma paisagem florida localizada bem no centro da cidade.

Esse local é um espetáculo de cores e aromas diversos. O mais legal é que ele fica bem no meio do perímetro urbano, oferecendo um contraste muito interessante. Além disso, o Jardim Botânico também é uma visita imperdível, já que ele é repleto de jardins bem floridos e preservados, o que encanta os visitantes.

2. Gramado (RS)

Lembra que mencionamos as temperaturas amenas trazidas pela primavera? Gramado proporciona justamente isso, já que costuma ficar entre 15 ºC e 20 ºC nessa época do ano. As ruas da cidade são tranquilas, transformando a estadia na Serra Gaúcha em um verdadeiro paraíso para quem quer um belo visual e também um pouco de sossego para relaxar.

Por esses motivos, é um dos principais destinos para casais. Entre as diversas flores que embelezam a região, destacam-se as azaleias, que compõem o visual do Lago Negro, deixando um dos principais cartões-postais da cidade com um belo tom de rosa.

Além disso, não é uma boa ideia deixar de conferir a culinária regional. Que tal aproveitar um belíssimo rodízio de fondue enquanto contempla a vista? Aproveite para fazer o roteiro turístico conhecido como “Região das Hortênsias”, que vai até Canela e oferece paisagens deslumbrantes — com as flores florescendo durante essa estação.

3. Atibaia (SP)

Atibaia é linda e fica a apenas uma 1 hora de distância de São Paulo, o que a torna um destino bastante acessível para quem deseja até mesmo fazer o chamado “bate-volta”. Um dos seus belos cenários floridos é o Parque Edmundo Zanoni, no centro, que também conta com diversas igrejas e construções com alto valor histórico.

Além disso, há um teleférico que percorre 550 metros e oferece uma belíssima visão da cidade e da Serra do Itapetinga. Na última, inclusive, fica outro cartão-postal da cidade, a Pedra Grande. Para conferir, é possível seguir a trilha, mas também há a opção pelo trajeto de carro ou até mesmo a possibilidade de fazer uma escalada.

4. Holambra (SP)

Caso você seja amante de flores, já deve ter ouvido falar das famosas tulipas holandesas. O interessante é que dá para conferir aquele cenário sem sair do Brasil. Holambra é um clássico do turismo de primavera e fica a quase 2 horas da capital paulista.

O nome e a cultura geral da cidade remontam ao tempo em que 500 imigrantes holandeses se instalaram ali, logo após a Segunda Guerra Mundial. A influência desse povo pode ser conferida na arquitetura e, obviamente, na flora.

Inclusive, a primavera sedia a ExpoFlora, um evento que reúne produtores, compradores e amantes de flores, além de comidas e danças de inspiração holandesa. O mais legal é que há muito para ver mesmo após o fim da exposição, já que a cidade fica mais tranquila e as suas paisagens podem ser apreciadas com calma.

5. Joinville (SC)

Essa cidade catarinense, com forte herança alemã, suíça e portuguesa, fica no meio do caminho entre Curitiba e Florianópolis. Ela também reúne muitos produtores de plantas ornamentais e orquídeas, mescladas a uma arquitetura toda particular.

Assim, espere encontrar exemplares da arquitetura enxaimel (representada por casas de madeira) misturados a jardins floridos. Seus muitos ipês-amarelos são especialmente deslumbrantes de setembro a dezembro, formando verdadeiros tapetes pelas ruas.

Há também um evento específico, a já conhecida Festa das Flores, que conta com concursos, exposições de flores, oficinas e palestras de cultivo, mercado de plantas e diversas opções para os amantes da gastronomia.

6. Cunha (SP)

Cunha é outra opção não tão distante da capital paulista — são três horas de viagem, que podem ser muito bem gastas com a conferência das flores durante o trajeto. O caminho é bem cenográfico, já que conta com diversas colinas e monumentos do período colonial.

A cidade é especialmente famosa por suas diversas cerâmicas e campos de lavanda, floridos o ano todo e ainda mais bonitos na primavera. Para quem quer esticar a viagem, a boa notícia é que Cunha permite um bate-volta até Paraty ou trilhas com cachoeiras no Parque Estadual da Serra do Mar.

7. Barbacena (MG)

Uma cidade que conta com um concurso chamado de “Rainha das Rosas” deve ter algo a ver com flores e belos cenários na primavera, certo? Além disso, o evento também conta com tratores ornamentados com plantas de diversas cores.

Uma das principais cidades do interior de Minas, Barbacena chega a vender até 90 mil dúzias de rosas e 100 mil dúzias de outras flores para o resto do Brasil e até mesmo para o exterior. O primeiro plantio de rosas foi feito na década de 1940. Desde então, a cidade se tornou sinônimo de primavera.

Cercada pela Serra da Mantiqueira, Barbacena se destaca pelo seu clima ameno. Além das flores, ela também conta com casarios e outras belezas, além de uma infinidade de praças e jardins — que, é claro, ficam mais atraentes na estação das flores.

Além disso, é possível alugar aquelas casas de campo que se assemelham a fazendas mineiras antigas, um roteiro ideal para quem quer se sentir em outra época. É possível optar também pela estadia no campo ou no centro histórico da cidade mineira.

 

Planejamento da viagem na primavera

Como ressaltamos, um dos grandes atrativos da primavera é justamente a beleza da paisagem, proporcionada pelo desabrochar das flores. Portanto, nada melhor do que poder acompanhar todo esse espetáculo mesmo durante a viagem, certo?

Então, o melhor meio de conseguir isso é por meio de uma viagem de ônibus. Por mais que o avião seja mais rápido, ele não proporciona a visualização das cores trazida pela primavera. Afinal, nada como se perder com os estímulos visuais que as flores causam e que enriquecem todo o trajeto.

Além disso, viajar de ônibus é bastante seguro em relação ao trajeto realizado em um carro próprio, por exemplo, uma vez que você terá a companhia de outros passageiros. Para quem está sozinho ou acompanhado de poucas pessoas, melhor ainda: não há uma grande oscilação nos preços, e os valores são iguais mesmo se a compra das passagens for realizada na véspera.

A dúvida entre viajar de ônibus, carro ou avião é sempre válida, já que cada veículo tem os seus prós e contras. No entanto, nada melhor do que ocupar aquelas horas de viagem com cenários que provam que o nosso país é um dos mais belos do mundo, não é mesmo?

Como pudemos ver no artigo, a primavera no Brasil oferece opções para todos os gostos. Seja em uma pacata cidade da Serra Gaúcha, a poucos quilômetros da capital paulista, seja em um belo cenário no interior de Minas Gerais, as opções contemplam todos os perfis de viajantes. O mais importante é não deixar de conferir o belo espetáculo da legítima estação das flores.

Gostou do post e quer apresentá-lo a outras pessoas? Então, compartilhe o conteúdo em suas redes sociais e marque os seus amigos!

Posts relacionados