fbpx

Litoral catarinense: conheça as melhores praias

11 minutos para ler

Litoral catarinense: veja as melhores praias do Sul do Brasil para curtir o verão.

Não há como negar que boa parte da fama de Santa Catarina vem das suas praias. Isso porque o litoral catarinense é extenso, repleto de lugares badalados e opções para todo o tipo de público. Há espaço para famílias, aventureiros, pessoas que gostam de curtir os dias de sol e também para os amantes da vida noturna.

Quem planeja uma viagem para Santa Catarina dificilmente ficará em um lugar só. Existe uma ampla oferta de locais com infraestrutura para receber aqueles que desejam pernoitar ou apenas passar os dias — ou a noite — nesses lugares.

Se conhecer o estado barriga verde está no seu roteiro das próximas férias, pegue um papel e uma caneta e anote as dicas valiosas que trouxemos neste artigo. Com planejamento, dá para fazer um roteiro muito legal e conhecer diversas praias em uma só viagem. Acompanhe!

Praia do Farol de Santa Marta

O Farol de Santa Marta, apesar de ser um local icônico no litoral catarinense, é uma das praias preferidas dos gaúchos — até mesmo pela proximidade com o Rio Grande do Sul.

Farol, como é carinhosamente chamado, fica no município de Laguna, litoral sul de Santa Catarina, a apenas 339 quilômetros de Porto Alegre e 146 quilômetros de Florianópolis.

O local foi fundado em 1909, com o título de Cabo de Santa Marta e um vilarejo de pescadores — que ainda conserva esse ar rustico e natural. O farol, de 29 metros de altura, é o cartão postal da praia.

Quem vai para Laguna e para o Cabo de Santa Marta deve, obrigatoriamente, subir o pequeno morro onde se localiza o Farol, sentir a brisa do mar e aproveitar a vista panorâmica e as paisagens para tirar belas fotos.

No local, o turista encontra as seguintes praias:

  • Praia da Cigana;
  • Praia da Galheta;
  • Praia da Teresa;
  • Praia do Cardoso;
  • Praia do Gravatá;
  • Praia do Ipuã;
  • Prainha do Farol.

Todas elas apresentam as mesmas características: pouco movimento, águas geladas e ondas perfeitas para os surfistas. Além disso, o Carnaval de Laguna é considerado um dos melhores de Santa Catarina.

Praia do Rosa

Falar em águas geladas e nas praias preferidas dos gaúchos e dos surfistas, também é falar da Praia do Rosa — uma das mais badaladas de Santa Catarina.

O Rosa é onde os jovens mais descolados do Brasil inteiro se reúnem: de dia, nas areias; durante a noite, no badalado centrinho desse pequeno paraíso do litoral sul catarinense.

Para aproveitar a visita, é necessário ter acesso a algumas informações importantes. Por exemplo, o Rosa é um bairro da cidade de Imbituba, no entanto, para chegar lá, é preciso ir por Garopaba. Um ônibus pode levar você até a entrada da cidade, mas, para circular dentro do Rosa, é mais fácil estar a pé ou de carro.

Um fato interessante sobre o local é que ele é de grande preservação da natureza. Por isso, é bom estar preparado para andar em meio às árvores e em ruas sem pavimentação. O bolso também merece um planejamento especial, já que a praia tem ótimos restaurantes e boas pousadas a valores não tão acessíveis.

Quem viaja para o Rosa nos meses de junho a novembro pode ter a sorte de avistar baleias da espécie Franca. Já aqueles que preferem curtir a praia devem se concentrar nos meses de outubro e novembro — antes disso, pode fazer bastante frio.

Praia da Ferrugem

Vamos continuar falando das praias badaladas da região de Garopaba. O destaque da vez é a praia da Ferrugem.

De um lado, o mar agitado que os surfistas adoram. De outro, piscinas naturais com águas cristalinas. De dia, a galera se encontra no Bar do Zado. Durante a noite, o agito fica por conta dos bares e das baladas no centrinho.

A Ferrugem fica no meio do sanduíche formado pelas famosas Praia do Rosa e Guarda do Embaú, e não deixa a desejar nos quesitos beleza natural e gente bonita. Por isso, prepare-se para fazer amizade com pessoas do Brasil e da Argentina, e cruzar com muita gente simpática, tatuada e descolada ao som de reggae.

Veja a distância da praia da Ferrugem para outras cidades importantes e populares:

Guarda do Embaú

Antes de subirmos o litoral, precisamos falar sobre a Guarda do Embaú. Localizada no município de Palhoça, é uma das praias mais populares da região.

Paraíso natural muito apreciado por surfistas, qualquer passeio na Guarda é um programa interessante. Por exemplo, a principal praia — a própria praia da Guarda do Embaú — fica depois do Rio da Madre. Para chegar até ela, é necessário nadar ou pegar um barquinho e fazer a travessia.

Já a Prainha é deserta, pois, seu acesso é feito exclusivamente por uma trilha. Além da tranquilidade, ela também foi eleita a preferida dos surfistas.

A praia da Pinheira é bastante famosa e muito frequentada por famílias, devido ao mar calmo, à areia propícia para caminhadas e à infraestrutura para alimentação.

Os naturistas também têm vez na Guarda, na Pedras Altas. O acesso é feito por uma estrada de 6 quilômetros, sem pavimentação. 

Matadeiro

Chegamos às praias da capital de Santa Catarina, e Floripa é uma ilha repleta delas! Separamos algumas paradas obrigatórias para quem visita a Ilha da Magia, começando com a Praia do Matadeiro.

Seu nome tem origem em uma história triste, da época em que se podia matar baleias. Ali era o local em que os pescadores davam fim aos animais capturados na praia da Armação, que fica logo ao lado.

Hoje, a história é bem diferente: o Matadeiro é um local para curtir a praia e as águas geladas, e praticar esportes aquáticos. Fica no sul da ilha, próxima à Lagoa do Peri, e é acessível por meio de uma pequena trilha na mata.

O local é um paraíso em Floripa: são apenas 900 metros de extensão, sem o barulho típico dos carros que passeiam a beira mar das praias urbanas. Lá, o turista encontra surfistas, pescadores, famílias e restaurantes aconchegantes a preços acessíveis. Vale a pena reservar um dia da viagem para curtir o Matadeiro!

Ilha do Campeche

A Ilha do Campeche é considerada o Caribe de Santa Catarina. Não é a toa, já que a cor do mar e toda a paisagem lembram muito os destinos internacionais de areias brancas e águas transparentes.

Essa ilha se localiza em frente à praia do Campeche. Tombada como Patrimônio Histórico e Paisagístico, permite a entrada de 800 pessoas por dia, por no máximo 4 horas. Ou seja, acontece um rodízio de público para o passeio.

Somente algumas empresas estão autorizadas a realizar a travessia do continente para a praia. Por isso, os interessados devem agendar o passeio com antecedência.

Além de aproveitar a paisagem, o turista pode praticar alguns esportes aquáticos, como snorkel, ou fazer uma trilha na mata — porém, é obrigatório contar com o auxílio de um guia autorizado pelo IPHAN.

Vale lembrar que a infraestrutura é limitada, já que é um local preservado. Assim, existe apenas um restaurante para atender ao público.

Depois de passar algumas horas nesse paraíso, o turista pode voltar para a Ilha da Magia e encerrar o dia na praia do Campeche.  

Joaquina

No leste da ilha, no final do Campeche, está a praia da Joaquina. É nela que o turista encontra um dos principais cartões-postais de Floripa: as dunas da Joaca, onde é possível praticar o esquibunda e tirar ótimas fotos.

A praia é uma opção para quem não se importa com o agito. Por ser um local repleto de atrativos — as dunas, os restaurantes, as ondas para os surfistas e o mar calmo em alguns pontos da praia —, recebe turistas, moradores, esportistas e famílias para curtir dias de sol e aventuras.

De areia fina e água fria e esverdeada, é o local frequentemente escolhido para campeonatos de surf. Como o mar de divide entre ondas fortes e calmaria, há o apoio dos salva-vidas, que ficam de olho nos atletas e nas famílias que dividem esse ponto do oceano.

O acesso para Joaquina é facilitado, com inúmeras vagas de estacionamento gratuito nas ruas e alguns locais pagos, porém mais próximos da praia.

Para os amantes da vida noturna, que vão dormir junto com a chegada do novo dia, recomendamos assistir ao nascer no sol nas pedras da Joaquina e desfrutar de um céu cujas cores parecem ter sido pintadas à mão. Esse é um ótimo momento para se eternizar nas fotografias, namorar, meditar ou ficar em silêncio, admirando a paisagem.  

Praia da Daniela

No norte da ilha, de frente para o continente, está a praia da Daniela. Os pontos fortes dessa praia são as águas calmas e as piscinas naturais, fazendo do lugar uma parada obrigatória para quem não dispensa momentos relaxantes em frente ao mar.

Próxima de Jurerê Internacional e Canasvieiras, é um paraíso a céu aberto para quem viaja com crianças. Considerada uma praia rasa, de areia fina e com profundidade que aumenta lentamente, ela tem cerca de 3,5 quilômetros de comprimento e uma faixa de areia com no máximo 10 metros. A temperatura da água é considerada agradável o ano todo.

Além disso, o turista pode presenciar o encontro do rio com o mar, visitar os manguezais e aproveitar a água com ondas calmas.

Bombinhas

Saindo da capital e subindo o estado, chegamos em Bombinhas, composta por diversos balneários que incluem:

  • Bombas;
  • Bombinhas;
  • Canto Grande;
  • Conceição;
  • Mariscal;
  • Quatro Ilhas;
  • Retiro dos Padres;
  • Sepultura;
  • Tainha;
  • Zimbros.

O turista que visita Bombinhas no final do ano deve ter paciência com o trânsito para conseguir se deslocar entre todas as praias. Os congestionamentos valem a pena para quem não dispensa locais de cenários rústicos, águas limpas e esportes aquáticos.

Por ser um paraíso preservado, há uma taxa que deve ser paga para entrar no local. Por isso, o ideal é que a visita e a estadia sejam muito bem programadas.

Balneário Camboriú

Impossível falar do litoral de Santa Catarina sem citar Balneário Camboriú, a Miami brasileira. Destino certo para quem não dispensa boas festas e se dá bem em ambientes urbanos, a cidade encanta com seus prédios gigantes, ampla oferta em restaurantes, lojas e até mesmo hospedagem. É possível encontrar desde o luxo até hospedagem barata.

Em BC, o turista tem a opção de disputar um pedaço de areia com outras milhares de pessoas e escapar da sombra dos edifícios, ou se deslocar para locais próximos, como a praia Brava, Itapema, Meia Praia, Praia dos Amores, Navegantes e Piçarras.

Além do teleférico, do aquário e da roda gigante, é um dos destinos preferidos para quem deseja se divertir no Beto Carrero World, localizado em Penha. Andando pelas principais avenidas de Balneário, o turista encontra diversas agências de turismo que vendem os passaportes para o parque e viabilizam o transporte.  

Itapoá

Na divisa de Santa Catarina com o Paraná, está uma das praias menos populares de Santa Catarina: Itapoá. Embora seja bastante visitada por pessoas de Joinville e Curitiba, os próprios catarinenses, no geral, não conhecem o lugar.

Itapoá é um ótimo lugar para se viajar com amigos, pois sua faixa no litoral é bastante extensa e a apresentação do mar varia ao longo dos seus 97 balneários. Além disso, existe a chamada Cachoeira do Casarão, para quem não dispensa renovar as energias em quedas d’agua.

Tudo isso faz com que Itapoá, localizada no Nordeste do estado, seja um destino bastante democrático. Desde aqueles que querem passar férias até os que desejam tirar um ano sabático, todos são muito bem acolhidos nesse destino encantador. Vale a pena conhecer!

Chegamos ao final do nosso post sobre o litoral catarinense. Sentiu a maresia e o cheiro de protetor solar durante a leitura? Esperamos que sim, afinal, tomamos o cuidado de escolher os melhores destinos no estado que reúne as praias mais famosas do sul do Brasil.

Aproveite os próximos feriados e se planeje para conhecer as nossas sugestões, temos certeza de que você não vai se arrepender!

Para não perder nenhuma dica de viagem, curta a nossa página no Facebook e fique por dentro de todas as atualizações!

Posts relacionados