Buser inaugura assentos preferenciais para mulheres

4 minutos para ler

Iniciativa dos assentos preferenciais busca coibir qualquer tipo de assédio contra mulheres dentro dos veículos de empresas parceiras da plataforma


97% das mulheres brasileiras já foram assediadas em transporte público ou privado no Brasil. A estatística é de um estudo realizado em 2019 pelos institutos Patrícia Galvão e Locomotiva, com o apoio da Uber. Na pesquisa foram entrevistadas 1081 mulheres de todas as regiões do país e esse é um retrato triste da situação de violência a que estão submetidas as mulheres brasileiras. 

Quem é mulher sabe que esse número não é exagero e nós da Buser, como uma empresa brasileira de tecnologia em transporte, não poderíamos ficar alheios a isso. Para oferecer mais segurança e conforto para as nossas clientes mulheres, inauguramos, na última semana, os assentos preferenciais femininos. Saiba mais sobre eles a seguir.

Leia também: Guia de comunidade da Buser

Afinal, por que assentos preferenciais femininos?

na foto, uma mulher dorme em assento preferencial feminino enquanto outra está sentada na poltrona de trás
Os assentos preferenciais são identificados da mesma maneira que os assentos da foto

Bom, antes de questionar o porquê dos assentos femininos, seria mais fácil questionar por que não? Se as estatísticas de assédio são tão assustadoras e se as mulheres têm medo de viajar sozinhas, faz todo o sentido proporcionarmos um ambiente seguro para elas. 

“Temos  trabalhado para aumentar a segurança das pessoas que viajam conosco. Essa iniciativa é para que as mulheres fiquem mais tranquilas, seguras e saibam que pensamos no bem-estar delas”, declara Rodrigo Souza, head de qualidade e segurança da Buser.

É importante destacar que são assentos preferenciais, ou seja, as mulheres podem se sentar onde desejarem nos ônibus, mas, se preferirem, podem ficar na área reservada. 

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é assentos-preferenciais-mulheres-buser-1.jpg
Com os assentos preferenciais, mulheres podem escolher sentar-se em área reservada e com mais segurança

Os assentos preferenciais femininos sempre estarão localizados na parte da frente dos veículos, com capas no encosto de cabeça de cor branca e devidamente identificados, como demonstrado na foto acima. A quantidade de assentos reservados varia de acordo com o número de lugares de cada ônibus, mas sempre vai existir uma área reservada com percentual de 20% da totalidade de assentos.

Câmeras de monitoramento

Câmeras de vigilância estão sendo instaladas em toda frota das empresas parceiras. A iniciativa também tem o objetivo de trazer mais segurança não só para as mulheres, mas para todos os passageiros. É importante citar que o protocolo de segurança e monitoramento respeita todos os requisitos para garantia da privacidade dos usuários e usuárias transportadas.

“As câmeras serão instaladas em 100% da frota e já foram instaladas em 20%. Com elas, queremos proporcionar mais tranquilidade para todas as pessoas e garantir uma viagem mais segura. Caso algo venha a acontecer em alguma das viagens, conseguiremos agir rapidamente tendo imagens em mãos”, complementa Rodrigo Souza.

Guia de Comunidade

Recentemente também lançamos o Guia de Comunidade da Buser. Além da iniciativa dos assentos femininos e câmeras de monitoramento, o Guia deixa claro todas as diretrizes de segurança e respeito praticadas e esperadas pela empresa.

Outros recursos de segurança da Buser

Como você já pode perceber ao longo do texto, na Buser, segurança é uma prioridade. Dessa forma, temos investido fortemente em tecnologias de segurança inovadoras. Conheça essas tecnologias:

  • câmeras de fadiga  — monitoram os motoristas e traduzem em parâmetros o nível de fadiga em que eles se encontram. Assim, a equipe de segurança em operação consegue agir preventivamente;
  • telemetria —  sistema controla a velocidade dos ônibus e gera dados em tempo real, que também ficam plotados em gráficos. Assim, equipes de segurança podem fazer a gestão 24h por dia desses dados e dos motoristas junto às empresas parceiras;
  • sensores de cinto de segurança  — sistema que emite alertas sonoros e visuais caso o passageiro não esteja com o cinto de segurança.

E aí, gostou das novidades?

Você já sabe: viajar pagando menos, com mais conforto e segurança, só na Buser.

Posts relacionados