fbpx

Guia prático de viagens sobre as cidades do Vale do Paraíba!

11 minutos para ler

Saiba mais sobre as cidades do Vale do Paraíba e planeje sua próxima viagem pelo estado de São Paulo.

Elaborar um roteiro de viagem é mais que um planejamento, é um passatempo delicioso. Essa prática pode ficar ainda mais surpreendente e divertida quando o futuro viajante resolve explorar novos destinos, ou enxergar o Brasil por outra perspectiva. É o caso das cidades do Vale do Paraíba.

A região concentra municípios com praia, ares interioranos, centros turísticos famosos e pequenas cidades. Um mix com opções para todos os gostos e bolsos que, com o planejamento adequado, propicia à viver diferentes experiências em uma só viagem.

Quer ver nossas dicas para viajar por essa região surpreendente e encantadora? Continue a leitura.

1. Onde fica o Vale do Paraíba?

As cidades que compõem o Vale do Paraíba ficam entre o leste de São Paulo e o estado do Rio de Janeiro, abrangendo a Serra do Mar e a Serra da Mantiqueira, e recebe esse nome por ser banhada pelo rio Paraíba do Sul.

Mais de 2,5 milhões de habitantes moram na região, que compreende mais de 6% do estado de São Paulo. Veja abaixo seus municípios.

1.1. Rio de Janeiro

  • Barra do Piraí;
  • Barra Mansa;
  • Itatiaia;
  • Paraty;
  • Pinheiral;
  • Piraí;
  • Porto Real;
  • Quatis;
  • Resende;
  • Rio Claro;
  • Rio das Flores;
  • Valença;
  • Volta Redonda.

1.2. São Paulo

  • Aparecida;
  • Arapeí;
  • Areias;
  • Bananal;
  • Caçapava;
  • Cachoeira Paulista;
  • Campos do Jordão;
  • Canas;
  • Caraguatatuba;
  • Cruzeiro;
  • Cunha;
  • Guaratinguetá;
  • Igaratá;
  • Ilhabela;
  • Jacareí;
  • Jambeiro;
  • Lagoinha;
  • Lavrinhas;
  • Lorena;
  • Monteiro Lobato;
  • Natividade da Serra;
  • Paraibuna, Piquete;
  • Pindamonhangaba;
  • Potim;
  • Queluz;
  • Redenção da Serra;
  • Roseira;
  • Santa Branca;
  • São Bento do Sapucaí;
  • São José do Barreiro;
  • São José dos Campos;
  • São Luiz do Paraitinga;
  • São Sebastião;
  • Silveiras;
  • Taubaté;
  • Tremembé;
  • Ubatuba.

2. Por que essa região pode ser bem atrativa?

As cidades do Vale do Paraíba são encantadoras para diversos perfis de turistas. Há praias, contato com a natureza, cidades bucólicas e repletas de história.

Toda a região é preservada. A Mata Atlântica, ainda intocada, impressiona pela diversidade de plantas e animais. Por todo lado, as paisagens são contornadas por serras, matas, pedras, rios e mar.

3. Quais são as principais cidades do Vale do Paraíba?

Vamos conhecer alguns destes atrativos? Embarque conosco agora mesmo!

3.1. Campos do Jordão

A cidade de Campos do Jordão não é só uma das cidades mais famosas do Vale do Paraíba, é um dos destinos mais cobiçados por turistas do país todo. O frio da Serra da Mantiqueira, a arquitetura inspirada na Europa com ares bucólicos, o vinho e o chocolate quente é o sonho de muitas pessoas que desejam passar dias de descanso, com requinte e conforto.

Mesmo no verão, a cidade vale a pena ser visitada. Embora a alta temporada seja no inverno e um dos atrativos seja as baixas temperaturas, o clima é ameno mesmo na estação mais quente do ano.

O local revela vários atrativos para o turista aproveitar. Passeio de teleférico, museu e jardins do Parque Amantikir fazem parte do roteiro. Outro ponto forte da cidade é a sua localização. Campos do Jordão é uma cidade de fácil acesso mesmo para quem mora longe, pois está a apenas 171 km da capital de São Paulo.

3.2. Cunha

Há 223 km da capital de São Paulo, próximo da divisa com o Rio de Janeiro e de cidades turísticas cariocas como Paraty, Trindade e Angra dos Reis está Cunha, um pequeno e pouco explorado município paulista.

Cunha é conhecida como a cidade das cerâmicas, pelos seus campos de lavanda e suas trilhas e cachoeiras. Os amantes de boa gastronomia podem desfrutar da Festa do Pinhão, que acontece entre abril e maio, as festas juninas no mês de junho, e o Festival de Inverno, em julho. Aos finais de semana, a Cervejaria WolkenburG abre para visitação — e degustação — gratuitas.

O turista também pode subir até a Pedra da Marcela, que marca a divisa entre os estados do Rio e de São Paulo, e as cidades da serra das cidades do litoral. Uma ótima e estratégica opção de estadia para quem deseja visitar Paraty.

3.3. Ubatuba

Saindo da serra, que tal um pulinho na praia? Ubatuba é uma das mais famosas praias do litoral paulista, que abriga praias paradisíacas e as belezas naturais da Mata Atlântica e da Serra do Mar.

Mais 100 praias e ilhas pertencem aos 80km do litoral de Ubatuba. Entre as mais famosas, podemos citar:

  • Ilha Anchieta;
  • Ilha das Couves;
  • Praia da Almada;
  • Praia da Enseada;
  • Praia da Fazenda;
  • Praia da Itamambuca;
  • Praia da Lagoinha;
  • Praia da Maranduba;
  • Praia das Toninhas;
  • Praia de Santa Rita;
  • Praia do Engenho;
  • Praia do Lázaro;
  • Praia do Sapê;
  • Praia Dura;
  • Praia Grande.

Ubatuba é uma ótima pedida também para os turistas que gostam de trilhas e cachoeiras, pois, sua localização próxima das montanhas revelam caminhos propícios para esse tipo de passeio.

Além disso, como em toda praia, há possibilidade de passear de barco, praticar snorkel, stand up paddle. Ubatuba também conta com uma estação do Projeto TAMAR, onde os turistas podem observar as tartarugas marinhas. 

3.4. São José dos Campos

De volta ao interior, vamos a São José dos Pinhais. Pertinho da capital de São Paulo, há apenas 90 km, a cidade de mais de 700 mil habitantes revela um vasto repertório de atrações turísticas para quem gosta de visitar parques, jardins e museus, sem se distanciar dos ambientes urbanos.

Entre os lugares imperdíveis, destacam-se o Parque da Cidade, com seus jardins projetados por Burle Marx — um dos mais renomados paisagistas brasileiros. Seguindo nessa linha de proximidade com a natureza, se destaca o Parque Natural Augusto Ruschi, que abriga as seguintes espécies da flora:

  • angico;
  • bromélias;
  • cambarás;
  • canelas;
  • cedro-rosa;
  • copaíbas;
  • embaúbas;
  • ipês;
  • jacarandá;
  • marmelinho.

Os animais que encontram abrigo nas matas do parque e, com sorte, podem ser observados, são:

  • anfíbios raros;
  • cachorro do mato;
  • cateto;
  • gavião-pega-macaco;
  • gavião-pombo;
  • guaxinim;
  • jaguatirica;
  • lobo-guará;
  • paca;
  • quati;
  • sagui-da-serra-escuro;
  • tucano-de-bico-verde;
  • veado catingueiro.

Quem prefere programações culturais tem a sua disposição a Fundação Cultural Cassiano Ricardo, o Museu de Arte Sacra e o Memorial Aeroespacial Brasileiro.

3.5. Aparecida

Se Campos do Jordão está para o inverno, Aparecida do Norte está para o turismo religioso. A cidade é internacionalmente famosa por abrigar o Santuário e a Basílica de Nossa Senhora Aparecida.

A cidade fica estrategicamente localizada, ponto bastante positivo para quem planeja um roteiro pelo Vale do Paraíba. Aparecida fica próxima de São José dos Campos, Cunha, Ubatuba e Paraty.

3.6. Paraty

Paraty é uma cidade encantadora. O destino histórico se caracteriza pelas ruas feitas de pedra e casarões antigos, que levam os turistas a uma verdadeira viagem no tempo. Muitas vezes, o viajante esquece de que está no litoral.

Famosa por sediar a FLIP, a Feira Literária Internacional de Paraty, Paraty tem muito mais a oferecer. Na hora de organizar a mala, o tênis é um item obrigatório. Isso porque os passeios em Paraty envolvem vagarosas caminhadas pelas ruas de pedra, cujo calço não é linear. As chances de se tropeçar são grandes, mas imperdíveis: a caminhada pelo Centro Histórico revela ótimos restaurantes e cachaçarias.

E como todo bom litoral, passeios de barco ou ônibus levam os turistas para a Praia do Sono, região do Saco do Mamanguá e praia da Lula.

3.7. Itatiaia

Point na década de 1990, a rainha Itatiaia, no Rio de Janeiro, não perdeu a majestade. São 180 km de distância da capital carioca e pertinho de Aparecida, em São Paulo, Itatiaia é um paraíso natural para quem busca descansar ou praticar esportes radicais em meio a rios, árvores e cachoeiras.

Itatiaia é a porta de entrada para a primeira reserva do Brasil, o Parque Nacional do Itatiaia, fundado em 1937. O lugar impressiona pelo tamanho das suas formações rochosas. Inclusive, são essas formações que dão palco a um dos maiores atrativos da cidade: as escaladas.

Alpinistas de todo o mundo procuram a cidade do Vale do Paraíba para escalar os picos da Serra da Mantiqueira que pertencem a Itatiaia, como o Agulhas Negras, a 2.800 metros de altitude. São 160 possibilidades de praticar o alpinismo, seja atleta amador, seja atleta profissional

Os menos aventureiros têm a seu dispor mirantes e quedas d’água, acessíveis por trilhas que não requer muito esforço para serem concluídas. Além disso, a cidade é charmosa com um todo. A arquitetura, hospedagem e os restaurantes são aconchegantes e a cara do inverno, com direito a lareira, vinho e fondue.

3.8. Ilhabela

De volta ao litoral do estado de São Paulo, chegamos em Ilhabela. Como o nome sugere, Ilhabela é uma ilha que, junto a outros municípios, integra as chamadas estâncias balnearias do Estado.

Isso faz com que a praia tenha uma excelente infraestrutura, já que recebe investimentos tanto da prefeitura, do governo do estado e iniciativas privadas. Por isso, mas do que curtir o mar e a areia, Ilhabela também se destaca pelo vasto calendário de eventos, onde em épocas livres da COVID-19, costuma ser palco:

  • Festival do Camarão — festival gastronômico onde o rei é o camarão;
  • Ilhabela in Jazz — evento que reúne entusiastas do Jazz e da música instrumental;
  • Semana Internacional da Vela — considerado o maior evento náutico da América do Sul;
  • X Terra Brazil — evento itinerante de esportes outdoor, teve a cidade como sede em duas edições.

A região também oferece passeios de barco, esportes aquáticos, trilhas, cachoeiras e um charmoso e encantador centro histórico.

4. Como aproveitar e conhecer bons lugares no Vale do Paraíba?

Elaborar um roteiro pelo Vale do Paraíba exige o auxílio de um mapa de localização. Devido ao número de municípios que pertencem à região, é necessário avaliar por quais cidades o turista quer passar e, a partir disso, observar a maneira mais viável de passear pelos locais desejados.

Como a região está localizada entre a capital de São Paulo e a capital do Rio Janeiro, transitar pelas cidades é tarefa fácil — principalmente quando a escolha é viajar de ônibus, pois, é possível passar a noite viajando e economizar na hospedagem.

Turistas que escolher uma cidade para se hospedar e viajar durante o dia para cidades próximas, ou ainda, passar uma noite em cada lugar, encontram passagens baratas que tornam qualquer roteiro viável. 

5. Quais os benefícios de visitar essa região?

Além das belezas naturais, cultura e gastronomia encontradas nas cidades e seus atrativos particulares, as estradas que ligam as cidades do Vale do Paraíba são um espetáculo à parte — especialmente a estrada nova de Campos do Jordão, uma rodovia que fica entre as montanhas.

Os primeiros quilômetros da Rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro, no distrito de Quiririm, em Taubaté, é um ponto de parada que merece atenção. Lá, os italianos fundaram sua primeira colônia na região do Vale do Paraíba, e a população local segue honrando seus costumes e tradições até hoje, oferecendo massas saborosas aos viajantes.

Chegando próximo a Campos do Jordão, o mirante da Vista Chinesa proporciona uma bela vista panorâmica da cidade de Santo Antônio do Pinhal e das montanhas de São Francisco Xavier e Monte Verde. Uma paisagem inesquecível para aqueles que amam observar a geografia brasileira.

A hospedagem nas cidades do Vale do Paraíba também merecem destaque. São dezenas de fazendas de café que se transformaram em confortáveis hotéis, preservando a decoração do século de 18 e proporcionando aos turistas uma viagem no tempo, com comida típica da fazenda e cheirinho de café.

Quartos aconchegantes e opções de lazer para todos os perfis de turistas dividem espaço com um pedaço da história do Brasil. Os detalhes preservados impressionam e fazem o viajante se sentir em uma viagem no tempo.

Se você nunca pensou em conhecer as cidades do Vale do Paraíba, que tal elaborar um roteiro pela região? Há passeios para todos os gostos com atrativos o ano inteiro. Uma opção econômica e encantadora para quem não abre mão de conhecer cada canto do Brasil.

Curta a nossa página do Facebook e confira mais dicas de viagens baratas pelo nosso país.

_________________________________________________________________________________

Que tal conhecer os municípios do Vale do Paraíba? Veja para onde a Buser pode te levar:

Posts relacionados