fbpx

7 lugares escondidos em São Paulo para você conhecer

7 minutos para ler

Lugares escondidos em São Paulo: quer descobrir alguns lugares pouco frequentados da capital paulista? Confira nosso post e inclua São Paulo nos seus destinos de viagem!

São Paulo está entre os seus próximos destinos de viagem e você quer saber o que fazer em uma das principais capitais do país? Não se preocupe, a cidade oferece as mais variadas opções de lazer, desde bares e restaurantes com diferentes culinárias até alguns cantinhos secretos, que nem mesmo os próprios paulistanos conhecem.

Além disso, o que não faltam na cidade são shoppings, cinemas e teatros — nos últimos anos, São Paulo foi palco, inclusive, de vários espetáculos da Broadway. No entanto, como ainda estamos vivendo um momento de pandemia, o ideal é evitar ambientes fechados e passeios em que possa haver aglomeração de pessoas. 

Para aproveitar todos os bairros da cidade com segurança e criatividade, confira as nossas sugestões!

Descubra 7 lugares seguros e diferentes para visitar em São Paulo

São Paulo reúne diversas possibilidades de passeio, envolvendo cultura, gastronomia e história. No centro antigo da cidade, é possível conhecer algumas construções históricas, como o Páteo do Collegio, o famoso Edifício Martinelli, o Mosteiro de São Bento e o Theatro Municipal. Porém, por estar em uma área comercial, essa região costuma ter aglomerações. 

Além disso, esses pontos turísticos são bastante conhecidos dos viajantes que visitam São Paulo. Que tal fazer algo diferente e visitar alguns lugares pouco frequentados ou ver a capital paulista de outro ponto de vista? Preparamos uma lista com locais incríveis para você conhecer!

1. Serra da Cantareira

Na zona norte da capital, na divisa com Mairiporã, fica a principal floresta urbana do mundo. Com quatro núcleos de visitação e trilhas de diferentes dificuldades, que passam por riachos e cachoeiras, o Parque Estadual da Cantareira oferece aos visitantes cenários incríveis em meio à natureza.

Os principais núcleos são o do Engordador, onde existem duas trilhas, a da Cachoeira e a do Macucu, e o da Pedra Branca, no qual a trilha mais famosa leva o visitante a mais de mil metros de altura, de onde é possível avistar toda a cidade de São Paulo. 

Na serra da Cantareira, além de mirantes, o turista encontra vários restaurantes charmosos, como O Velhão ou o Frutta e Crema, com varadas abertas. É possível achar até um retiro espiritual, o Ashram, que oferece alimentação ovolactovegetariana.

2. Fundação Maria Luísa e Oscar Americano

Localizada em um parque com 75 mil metros quadrados e diversos exemplares de árvores brasileiras, a Fundação é famosa pelo museu, que se encontra fechado em função da pandemia, e pelo incrível Salão de Chá, que está funcionando apenas com reservas para garantir o distanciamento.

3. Parque Ecológico Imigrantes

Na zona sul da capital, nas proximidades da rodovia de mesmo nome, que leva ao litoral paulista, esse parque é dedicado à preservação ambiental. Lá há várias trilhas para a observação da mata e de animais, como antas e bugios, que vivem em seu habitat natural. O local foi reaberto em janeiro de 2021 e, para visitá-lo, é preciso agendar a visita monitorada. 

4. Seu Quintal Comedoria

Escondido atrás de uma porta discreta, está o restaurante Seu Quintal Comedoria, que tem várias mesinhas em um charmoso jardim e também uma área coberta. O local fica na Rua Assungui, 81, no Alto do Ipiranga, endereço descrito na página do Facebook do estabelecimento como “em frente à árvore colorida”. 

5. Galeria Ink

No terraço da famosa Galeria do Rock, no centro de São Paulo, fica uma varanda onde funcionam uma galeria de arte, um estúdio de tattoo e piercing, uma barbearia e um bar. O local é um espaço aberto, tranquilo e com várias árvores e bancos, de onde é possível avistar a região sempre frenética com outra ótica.

6. Jardim Suspenso da Prefeitura

Falando em observar a cidade com uma ótica diferente, o Jardim Suspenso da Prefeitura sem dúvida é surpreendente. Em pleno Viaduto do Chá, no centro da capital, a 14 andares de altura, foi construído um jardim com 400 espécies de plantas, que incluem ervas medicinais, árvores frutíferas, fontes e uma vista impressionante. 

Para aproveitar o passeio, é preciso fazer uma visita guiada ao edifício Matarazzo. Confira antes se o lugar está aberto.

7. Aldeia indígena

Sim, no extremo sul da cidade, em Parelheiros, é possível conhecer uma verdadeira aldeia indígena guarani, que vive da agricultura de subsistência e do artesanato. A Terra Indígena Tenondé Porã se estende até as cidades de São Vicente, São Bernardo e Mongaguá. Para visitar o lugar, é preciso fazer um agendamento

Saiba por que São Paulo é um dos melhores destinos de viagem

Com certeza, você se surpreendeu com algumas de nossas sugestões, não é mesmo? Na verdade, São Paulo reúne atividades para todos os públicos e preferências. 

Se planejar a sua viagem no pós-pandemia, por exemplo, será possível conhecer com mais segurança outros pontos igualmente surpreendentes — não que isso não possa ser feito agora, mas, por serem locais fechados, o ideal é aguardar mais um pouco:

  • apreciar um drink cheio de originalidade no subsolo do Espaço Zebra;
  • conhecer o Bar dos Arcos, também subterrâneo, abaixo do Theatro Municipal;
  • visitar a cripta da Catedral da Sé, em estilo neogótico, que fica 7 metros abaixo do altar;
  • apreciar museus, igrejas, casas de show e cinemas espalhados por toda a cidade.

Veja como viajar com segurança na pandemia

Embora o ideal seja frequentar lugares abertos e sem aglomeração, com os devidos cuidados (uso de máscara e álcool 70º), é possível conhecer todas as atrações paulistanas. Dê preferência a horários de menor movimento e, sempre que houver essa possibilidade, reserve sua visita. 

Quem viaja de ônibus também deve seguir outras recomendações para preservar a segurança:

  • leve uma embalagem própria de álcool 70º para higienizar as mãos com frequência;
  • troque a máscara a cada duas horas;
  • opte por carregar apenas a bagagem de mão, sempre que possível;
  • leve seu lanche e cobertor;
  • tome banho e troque de roupa assim que chegar em casa ou no hotel;
  • prefira viajar com empresas que adotam precauções para garantir a segurança dos passageiros, como a Buser, que oferece cabines de desinfecção, faz a medição de temperatura de todos os viajantes e, em alguns veículos, instalou proteção plástica entre as poltronas. 

Após conhecer melhor os tesouros escondidos em São Paulo, que tal incluir a cidade em um de seus próximos destinos de viagem? Além de todas as opções da capital, existem vários lugares próximos que valem um bate e volta, como Cotia, onde existe um templo budista, São Roque, com a rota do vinho, e as belas praias do litoral norte, como Bertioga

Gostou das dicas para conhecer São Paulo e viajar com segurança? Então, continue a visita em nossa página e confira o que alguns clientes que viajaram com a Buser pensam dos protocolos de proteção adotados!

Veja alguns trechos da Buser, para chegar em São Paulo com segurança!

Rio de Janeiro – São Paulo

Belo Horizonte – São Paulo

São Paulo – Bertioga

São Paulo – Santos

São Paulo – Ubatuba

São Paulo – Mongaguá

Posts relacionados