Dia dos Pais: quando a distância física não define presença

5 minutos para ler

No Dia dos Pais, conheça os pais da Buser que, mesmo precisando enfrentar a distância física dos seus filhos, são presentes e atuantes

Como diria aquele ditado: “a presença é o maior presente que qualquer um pode ganhar” e quando o assunto é família, todos sabemos que isso é mesmo uma verdade. Seja porque o nosso trabalho nos impede de estar perto fisicamente, porque moramos em casas separadas, ou ainda por causa da pandemia, a distância física pode ser uma realidade, mas a presença não é diretamente ligada a ela. Prova disso são os pais Natan Nakel e Fernando Batista, cujas histórias serão contadas a seguir, mas não por eles, e sim pelas companheiras e filhas.

Leia também: Dia do Motorista: as histórias e sonhos por trás do volante

Natan, redescoberta de si como pai

Natan Nakel é diretor de criação na Buser e pai da pequena Helena, de 8 meses. Sua namorada, Renata Kalil, o define como um pai presente, um homem maravilhoso, íntegro, divertido, intenso e um presente na vida dela e da filha.

“Quando o Natan descobriu que ia ser pai, eu estava em Piracicaba e ele em São Paulo, dentro do metrô, indo para o cinema. Foi uma notícia inesperada. Ele veio para cá, do jeito que estava e, no caminho, comprou um sapatinho de bebê. Quando chegou aqui, me fez a surpresa, com uma linda carta”, conta.

No Dia dos Pais foto de Natan Nakel junto com sua filha, Helena, e sua namorada.
Na foto, Natan está na companhia de sua filha Helena e de sua namorada, Renata (Foto: arquivo pessoal)

Renata ainda diz que Natan fez um curso de gestação, o que ela considera o maior presente que ganhou durante a gravidez e que o parto da Helena foi um dos momentos mais marcantes da vida de ambos. “Ele me acompanhou durante o parto, me apoiou, me alimentou e viu a nossa pequena nascer ao som de Anunciação do Alceu Valença. Ele cortou o cordão umbilical e nos emocionamos com esse momento tão mágico. Lógico que sempre com boas piadas”.

Ainda de acordo com a Renata, Helena mudou a forma como ambos enxergam a vida e os fez perceber um novo mundo. Apesar de morarem em cidades diferentes, Natan se faz presente. Com a pandemia, o casal decidiu ficar afastado até o mundo ficar mais seguro para a filha, o que para Renata foi um ato de amor.

“Eu percebo que o Natan sente muito em não estar aqui vendo a nossa filha conquistar tantas coisas. Tomamos essa decisão juntos e entendemos ser o melhor para nossa pequena. Sabíamos das dificuldades que passaríamos, mas aguentamos firmes até aqui”, conclui.

Fernando, o típico paizão

Fernando Batista é motorista da empresa parceira da Buser, Santa Maria Turismo. Devido a sua rotina como motorista, ele precisa ficar ausente de casa em alguns dias da semana, mas isso nunca foi um impedimento para que ele estivesse presente na vida das filhas Fernanda, de 11 anos e Jéssica de 2 anos.

Sua esposa, Janaína da Silva, o define como um pai manhoso, carinhoso e muito presente na vida das filhas. “Nossa rotina é super corrida, quando ele sai para viajar sempre o levamos até a porta e damos um tchau especial para que o papai vá trabalhar feliz e seguro. A Jéssica sempre vai no colo dele, a Fernanda gosta de levar a mala do papai, mas é sempre um momento especial para desejarmos a ele uma boa viagem”, conta.

Dia dos Pais: fernando, motorista da Santa Maria Turismo, acompanhado das filhas Fernanda e Jéssica
Fernando acompanhado das filhas Fernanda e Jéssica (Foto: arquivo pessoal)

Quando viaja, Fernando costuma ficar dois dias fora de casa e a volta é sempre um momento esperado com muita expectativa pelas suas filhas. “A sua volta para casa no final de cada viagem é a parte mais especial. Elas esperam por ele muito ansiosas e é a maior festa e gritaria quando ele chega. A Fernanda, que é a mais velha, tira as meias dele e a Jéssica, carinhosamente chamada de Batatinha por ele, guarda seus sapatos. A Fernanda leva a toalha pra ele e limpa a pele dele depois do banho. Por fim, vão os três dormir agarradinhos”, acrescenta Janaína.

Dia dos Pais na Buser

Não só no Dia dos Pais como em todos os dias, queremos registrar a nossa gratidão e respeito por todos os pais da Buser: colaboradores, motoristas parceiros e clientes, especialmente para aqueles que precisam estar fisicamente longe dos filhos. Sabemos que a presença não é só física e que o amor não tem limite geográfico, então, desejamos a todos os pais um Feliz Dia dos Pais e uma vida repleta de afeto e troca.

E aí, gostou de conhecer essas histórias? Então conheça outras no Blog da Buser. Até breve!

Posts relacionados