Natal Turismo: 40 anos de história e tradição no setor de fretamento de ônibus

5 minutos para ler

Conheça a história de uma das principais empresas de fretamento de ônibus do estado de São Paulo e de que forma a parceria com a Buser agregou à companhia 

Ter uma ideia de negócio, aplicar, desenvolver e conquistar solidez não é pra qualquer um, a gente sabe. Além disso, o Brasil não é dos melhores países do mundo para empreender, o que torna ainda mais difícil criar uma empresa de sucesso. Porém, isso não impediu que a Natal Turismo, de Mogi das Cruzes – SP se consolidasse como uma das principais empresas do setor de fretamento de ônibus e uma relevante parceira da Buser. 

A seguir, conheça a história de sucesso do empreendimento desde os primeiros dias e o que a parceria com a Buser representa para a companhia. 

Leia também: Santa Maria Turismo – conheça a história de uma das primeiras empresas parceiras da Buser 

O começo 

Tudo começou no ano de 1980. Naquela época, Kisei Uwada, fundador da Natal Turismo comprou o seu primeiro micro-ônibus. Ele ainda não estava no ramo do turismo e fazia transporte escolar.

“Convivo com o cheiro do diesel desde os meus nove anos. Lembro-me que nos finais de semana e nas férias escolares o meu pai levava eu e meu irmão mais velho para dar aquele trato no Xodó (nome do primeiro ônibus)”, conta Minoru, filho de Kisei Uwada, fundador da empresa. 

Imagem do primeiro ônibus da Natal Turismo que fazia transporte escolar no passado (foto: Natal Turismo)

No começo o Sr. Uwada ainda não tinha a dimensão do que a empresa se tornaria, mas já tinha o sonho de um dia ser grande e oferecer o melhor para os seus clientes. 

Os principais marcos da empresa: 

  • 1980: nascimento e compra do primeiro veículo; 
  • 1984: primeiro contrato para fretamento de ônibus em fábrica; 
  • 1986: compra do primeiro ônibus com ar condicionado (o único da época na região do Alto Tietê); 
  • 1998: início das viagens fretadas para Foz do Iguaçu; 
  • 1991: entrada de Minoru na empresa do pai; 
  • 1995: compra total da empresa, que até então tinha um sócio; 
  • 1998: compra do primeiro ônibus double deck (dois andares) do Alto Tietê; 
  • 2005: primeira garagem própria de 3.400 m²; 
  • 2014: compra da garagem de 27.000 m². 
  • 2019: frota de 90 veículos e fechamento da parceria com a Buser. 
Parte da frota da empresa (foto: Natal Turismo)

O início da parceria com a Buser 

A Natal Turismo já tinha 38 anos quando Minoru conheceu a Buser. Naquele momento, uma parceria como essa não era fundamental para uma empresa do porte e história da Natal. Porém, em 2019, uma reportagem sobre tecnologia no transporte coletivo transmitida pela Globo News que citava a Buser chamou a atenção da empresa. Afinal, o modelo de negócio da Buser era mesmo inovador. Imediatamente, o time comercial marcou uma reunião e alí foi dado o pontapé inicial na parceria. 

“Todos ficaram deslumbrados com esse novo nicho onde poderíamos atuar. Marcamos uma reunião para a semana seguinte e daí por diante os negócios fluíram. Compramos novos ônibus para atender a demanda da Buser e hoje somos grandes parceiros”, conta Minoru.  

A parceria tem sido vista com bons olhos pela Natal Turismo, que encontrou a chance de diversificar a empresa. “Com a Buser estamos atendendo em um nicho que nunca imaginaríamos atuar. É uma nova experiência e estamos adorando. Além disso, abrir o leque nos negócios sempre é positivo, pois tem aquele velho ditado: não coloque todos os ovos no mesmo cesto. Hoje temos ‘ovos em vários cestos’ e a Buser é um deles”, complementa. 

Quer saber mais sobre a Buser? Acesse: buser.com.br

Ganhos efetivos da parceria 

Apesar da solidez da Natal Turismo antes da parceria, os negócios com a Buser trouxeram ainda mais lucro para a empresa. Após o início da parceria, houve um incremento significativo no faturamento e uma nova perspectiva de crescimento e ampliação do negócio. “A parceria trouxe muita segurança e tranquilidade, afinal, no fretamento eventual cada mês é um mês, como o próprio nome já diz. Com a Buser, houve crescimento do nosso negócio. Na parceria, o foco é de manter o ônibus em ordem, nada mais”, conclui Minoru. 

O futuro 

Minoru à esquerda e Kisei, seu pai, à direita (foto: Natal Turismo)

Para a Natal Turismo, a história pode ir muito mais longe do que já foi nesses 40 anos, afinal, ainda há um universo de possibilidades no segmento de fretamento de ônibus. Porém, quando questionado sobre o que quer para o futuro da empresa, Minoru deu a resposta que mostra porque a empresa chegou tão longe: cuidado com os funcionários e propósito. 

“Queremos contribuir cada vez mais com a sociedade, gerando mais empregos e fazendo com que cada colaborador realize seus sonhos. Todo sonho pode ser realizado, mas atrás disso tem que haver muita resiliência, dedicação, amor, ética e humildade. Com isso, tudo pode ser conquistado e realizado. Esse é o legado que o meu pai me deixou e estou repassando para os meus familiares e colaboradores. Esse é o sonho da Natal”, finaliza.  

Quer ser parceiro da Buser e obter mais resultados na sua empresa de ônibus? Cadastre-se

Posts relacionados