Enjoo em viagem: entenda porque acontece, como evitá-lo e combatê-lo

6 minutos para ler

Entenda como se prevenir do enjoo em viajem e ter um trajeto mais tranquilo e confortável de ônibus

Você ama viajar e não vê a hora de chegar o próximo feriado. Entretanto, há apenas um detalhe que lhe faz perder um pouco dessa empolgação: o enjoo em viagem.

Também conhecido como cinetose, essa é uma sensação de mal estar desencadeada pelo movimento. Ela pode acontecer em qualquer meio de transporte, sendo mais comum do que se imagina.

Se esse é um pequeno problema que você enfrenta durante as viagens de ônibus, confira, neste artigo, algumas dicas para começar as próximas férias com o pé direito!

Por que as pessoas sentem enjoo em viagem?

A cinetose é bastante comum em pessoas mais velhas, mulheres grávidas e crianças com idades entre 5 e 12 anos. Seja qual for a causa, o gatilho é o movimento: assim que o veículo para, a sensação ruim também vai embora.

Uma pessoa pode sentir enjoo em viagem por vários motivos, incluindo:

  • falta de circulação do ar;
  • impossibilidade de ver o horizonte;
  • leitura em movimento;
  • crises de enxaqueca;
  • causas genéticas;
  • problemas no ouvido, como acúmulo de líquido ou infecção.

Como evitar o enjoo em viagem?

Sabemos que o enjoo pode tornar a sua viagem bastante desagradável. Felizmente, há algumas dicas para trazer mais conforto para a viagem.

Confira como a cinetose pode ser evitada, a seguir:

Faça refeições leves antes da viagem

O mal estar e as náuseas podem terminar em vômitos. Não facilite esse problema, dando preferências a refeições leves e evitando tudo o que você já sabe que pode fazer mal.

Não leia ou mexa no celular enquanto estiver em movimento

Uma das causas do enjoo em viagens é a leitura. Isso acontece por um conflito no organismo: enquanto o corpo está em movimento, os olhos estão fixados em um só lugar.

Mantenha os olhos fixos em um ponto no horizonte

mulher branca olha para o horizonte a fim de evitar o enjoo na viagem

Uma vez que o cérebro pode confundir o balanço do corpo com o estímulo visual, manter os olhos fixos em um ponto no horizonte pode contribuir para enganar o organismo.

Olhe para um ponto na paisagem, como uma montanha distante. Permaneça olhando para ela e, quando não for mais visível, escolha outro local.

Aumente a ingestão de água

Ter uma garrafa de água gelada ajuda a evitar os enjoos durante a viagem. Entretanto, é preciso saber o jeito certo de bebê-la. Afinal, o excesso de água atrapalha a digestão, o que pode agravar o quadro. O ideal é dar pequenos goles ao longo do trajeto, para evitar as dores de cabeça que costumam acompanhar os enjoos.

Um chá de camomila também pode ajudar, já que ele reduz a acidez do estomago. Se os seus enjoos na viagem costumam acompanhar vômitos, o boldo também é uma boa opção.

Mantenha a ventilação

Os sintomas mais comuns da cinetose são:

  • cefaleia ou enxaqueca;
  • náusea;
  • palidez;
  • raciocínio lento;
  • sudorese;
  • vertigem;
  • visão desfocada;
  • vômito.

As janelas dos ônibus modernos são fechadas a vácuo, o que não permite que o passageiro deixe-as abertas para ter uma viagem mais confortável.

Entretanto, abra aquelas saídas individualizadas de ar-condicionado, isso ajudará a ventilar. Use roupas leves e confortáveis. Evitar o excesso de casacos e cobertas ajuda a aliviar os sintomas.

Tenha balas de gengibre na bolsa

A raíz de gengibre é um remédio popular para problemas estomacais e pode ser consumida em diversos formatos, como cápsulas ou chás.

Ter algumas balinhas de gengibre na bolsa pode amenizar o mal-estar. Entretanto, assim como a água, deve ser consumida com moderação.

Fique na parte mais estável do veículo

Na hora de escolher a poltrona para a sua viagem, procure as partes mais estáveis do veículo — isto é, as que balançam menos. Quanto menor for a sensação de movimento e balanço constante, menor a chance de enjoar.

Mude de posição

Descubra qual é a posição mais confortável para você. Algumas pessoas acham que deitar melhora o enjoo. Para outras, ficar sentada pode ser melhor. Experimente para ver o que funciona para você.

Seja qual for a posição escolhida, um travesseiro de pescoço auxilia a diminuir os movimentos da cabeça, o que também pode ser útil para reduzir a sensação de mal-estar.

Aperte um ponto de pressão

Em nosso pulso, há um ponto de pressão que pode proporcionar alívio rápido às sensações de enjoo. Para estimulá-lo, basta colocar 3 dedos (indicador, médio e anelar) da mão direita na parte interna do pulso esquerdo.

O ponto fica abaixo do dedo indicador. Se você sentir os tendões do seu pulso, está no lugar certo. Aperte esse local em ciclos de 4 a 5 segundos.

Mantenha-se distraído

Ouvir música, assistir a um filme e conversar pode ser útil para desviar o pensamento do enjoo. Alguns ônibus contam com monitores e uma extensa lista de filmes — aproveite-os para se distrair!

Se não sabe quais os recursos disponíveis na viagem, use o celular para ouvir música. Lembre-se de que quanto menos ler, melhor. Portanto, não caia na tentação de ficar conversando nos aplicativos de mensagem. Aproveite a paisagem, olhando para um ponto fixo, enquanto ouve música nos fones de ouvido.

Como tratar a cinetose?

Existem alguns medicamentos que tratam o enjoo em viagem e são vendidos sem a necessidade de prescrição médica. Além de náuseas e vômitos, alguns acabam facilitando o processo de sono — o que pode ser bom ,caso sua viagem seja na madruga, auxilando a enfrentar o trajeto de forma mais rápida.

No entanto, é sempre bom consultar um médico antes da viagem e confirmar qual é a melhor opção. Um clínico geral pode ajudar.

Vale lembrar que nem sempre é preciso medicação. Além das dicas que passamos no tópico anterior, comer alguns biscoitos simples (como de água e sal ou polvilho) e tomar bebidas gasosas transparentes (como a água com gás ou tônica) também ajudam a aliviar o mal-estar.

Você é do time que sente enjoo em viagem, ou as pessoas que viajam com você costumam sofrer com esse problema? Não hesite em buscar meios para acabar com o transtorno, tornando os passeios mais confortáveis e prazerosos. Esperamos que nossas dicas ajudem!

Aproveite para compartilhar este artigo nas redes sociais, afinal, ele pode ser útil para os seus amigos.

Posts relacionados